O Diário do André, de Mário Cordeiro

diario andrePara o mês de maio, a Biblioteca Municipal Tomaz Ribeiro reservou a aquisição de "O Diário do André".

"Eu sou o André. Tenho 14 anos e estou há quase seis meses a viver num lar. Este Diário é a explicação da minha vida e um desafio às vossas consciências."

É assim que começa o novo romance do Dr. Mário Cordeiro.

André, o personagem principal apresenta-nos a sua vivência numa instituição, fala de si, das outras crianças que como ele não têm em casa um lar minimamente estável e da sua anterior vida, a mãe, os amigos, os seus projetos e amizades."Sem emitir juízos de valor, apenas sentimentos e sentires. Em discurso directo e com algum humor"

DESTAQUE

 news

 SUBSCREVA

nanteriores

 

DESTAQUE

expsicao2

CartazFINALdofinal

 

Banner Som dos Livros5 200x700