Entrega de prémios dos Jogos Florais do Concelho de Tondela e Prémio Jovem Revelação 2017

DSC00218No último sábado, dia 3 de junho, o Município de Tondela procedeu à entrega dos prémios dos XIII Jogos Florais do Concelho de Tondela e XI Prémio Jovem Revelação, concursos de poesia organizados pela Biblioteca Municipal Tomaz Ribeiro desde 2005 e 2006, respetivamente.

A cerimónia iniciou-se pouco depois das 15 horas na Biblioteca Municipal de Tondela e contou com a presença do senhor presidente do município, dr. José António de Jesus e dos vereadores eng.ª Carla Antunes, dr. Miguel Rodrigues, Pedro Adão e José Carlos Coimbra, da Chefe de Divisão da Educação e Intervenção Social, drª Raquel Seabra, da diretora do Agrupamento de Escolas Cândido de Figueiredo, drª Helena Gonçalves e do diretor Agrupamento de Escolas Tomaz Ribeiro, dr. Júlio Valente, de representantes da comunicação social, participantes dos mais novos aos mais velhos, enchendo a sala numa colorida moldura humana.

DSC00209

Os elementos do júri presentes principiaram por tecer algumas considerações relativamente aos concursos e aos trabalhos apresentados. Filipa Duarte leu o seu comentário em verso felicitando todos os concorrentes e os professores por realçarem o poder das palavras e por mostrarem como elas podem tocar o coração de uma forma mais bela: em poesia e dedicou um poema original da sua autoria a todos os concorrentes. O dr. António Nunes felicitou a iniciativa na medida em que "a realização de um evento de poesia nos dias de hoje é, para além de um exercicio de criação de beleza no campo das letras, uma reação contra a natureza do tempo". Também drª Ana Freitas, que não pôde comparecer referiu no seu comentário a importância destes concursos por incentivarem o gosto pela escrita e pela poesia desde os primeiros anos de vida, promovendo a Língua Portuguesa, até porque "contatar com a poesia é uma das melhores maneiras de expôr os nossos sentimentos e emoções, muitas vezes tão difíceis de explicar."

DSC00202Seguidamente deu-se início à leitura dos trabalhos premiados no concurso Prémio Jovem Revelação, aberto à participação dos alunos das escolas do ensino básico, secundário e profissional do concelho. Dos 66 trabalhos a concurso o júri selecionou quatro, um por cada ciclo de ensino, atribuindo ao poema "O que é a liberdade" de Duarte Borges Pacheco o prémio do primeiro ciclo; o prémio do segundo ciclo coube ao poema "Fundo do mar" de  Beatriz Marques de Almeida, o poema "Miragem" de  David Costa e Silva foi distinguido com o prémio terceiro ciclo e o prémio do ensino secundário coubea Maria Isabel da Silva Machado pelo poema "Ser Feliz". Todos os alunos que concorreram ao Prémio Jovem Revelação receberam uma medalha e um certificado de participação e os autores dos trabalhos premiados receberam um cheque-prenda.

Seguiu-se a leitura dos trabalhos premiados nos Jogos Florais, após um breve apontamento musical com o  poema cantado "Dedicatória" de Fernando Miguel Bernardes por Rosario Soutinho (voz) e António Nunes (guitarra e voz).

DSC00197Aos Jogos Florais apresentaram-se 28 candidatos de várias zonas do País, que apresentaram  a concurso, no total, 61 trabalhos. O júri distinguiu três trabalhos e atribuiu três menções honrosas em cada uma das três modalidades do concurso.

Os trabalhos poéticos premiados desta XIII edição dos Jogos Florais foram, na modalidade de Quadra/Quadras Populares: "Quadra popular" de António José Barradas Barroso (primeiro prémio), "Tondela" de Ernesto Lopes Nunes (segundo prémio), "Quadra Popular"de Renato Manuel Bravo Valadeiro (terceiro prémio) e "Quadras (em modo popular) do egoísmo de... "  de Paulo Pereira Viegas (menção honrosa);

Na modalidade de Poema Livre foram os seguintes os trabalhos distinguidos: "O poder da Palavra" de Ernesto Lopes Nunes (primeiro prémio), "Marca d´Água – poema para os meus filhos" de Ernesto António da Silva Maciel (segundo prémio), "Mulher" de Maria de Lourdes de Faria Correia Teles (terceiro prémio) , "Tondela..., e o artista... " de António dos Santos Boavida Pinheiro (menção honrosa);

DSC00217Na modalidade de Soneto foram os seguintes os prémios atribuidos: "Unção da Palavra" de Ernesto da Silva Maciel (primeiro prémio), "O poeta libertado... " de Augusto Molarinho de Andrade (segundo prémio), "A vida" de Maria Filomena Fonseca (terceiro prémio) , "Adormecer em teus braços" de Renato Manuel Bravo Valadeiro (menção honrosa)

Rosário Soutinho e António Nunes acompanhados à flauta por Estela Oliveira cantaram o soneto de Luís de Camões, adaptado por José Mario Branco " Mudam-se os tempos....", convidando  todos os presentes a acompanharem-nos no refrão.

Finda a entrega dos prémios aos concorrentes e aos elementos do juri, o senhor presidente do município no uso da palavra salientou a importância ealização do evento, felicitando o concorrentes pela dedicação e empenho e salientou a importância de cultivarem a exigência e o sentido crítico. Seguiu-se a foto de família com todos os concorrentes e o lanche no hall da biblioteca

Autor do Mês

Alice Vieira

ALICE VIEIRA

Alice Vieira (Alice de Jesus Vieira Vassalo Pereira da Fonseca) nasceu em Lisboa a 20 de março de 1943. Frequentou o Liceu D. Filipa de Lencastre. Licenciou-se em Filologia Germânica pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. Escritora e jornalista profissional desde 1969, colaborou desde os treze anos no jornal "Diário de Lisboa" (onde juntamente com o seu marido Mário Castrim dirigiu o suplemento "Juvenil" e "Catraio"), no "Diário Popular" e no "Diário de Notícias". Colaborou em várias revistas e programas de televisão para crianças.

É considerada uma das mais importantes escritoras portuguesas de literatura infanto-juvenil,   tendo publicado cerca de  quatro dezenas de livros infantis e vendido perto de um milhão de exemplares.  As suas obras estão traduzidas em várias línguas, como o alemão, o búlgaro, o espanhol, o galego, o catalão, o francês, o húngaro, o holandês, o russo, o italiano, o chinês, o servo-croata e o coreano. É também autora de contos, romances, crónicas e poesia para adultos.

Consulte mais informação AQUI.