Encontro com Pedro Seromenho, escritor e ilustrador em Tondela

Cartaz Pedro SeromenhoCom o objetivo de assinalar o Mês das Bibliotecas Escolares, as bibliotecas da Rede de Bibliotecas de Tondela, com o apoio do Município, promovem o encontro do público escolar com o ilustrador e escritor Pedro Seromenho nas bibliotecas escolares e municipal do concelho.

Pedro Seromenho é um exímio criador e contador de histórias. Dirigidas aos alunos do 5º ano, e com o formato de “Hora do Conto ilustrada” as sessões do encontro com o escritor terão lugar no dia 26 de outubro às 9h15 e às 10h30 na Biblioteca Municipal Tomaz Ribeiro e às 14h00 na Biblioteca da Escola Básica 2,3 de Campo de Besteiros.

 

Pedro Seromenho – notas biográficas

De nacionalidade portuguesa, Pedro Seromenho Rocha nasceu em 1975 no Zimbabué, mas com dois anos de idade veio viver para Tavira e depois para Braga, onde reside atualmente.

Desde muito cedo demonstrou excecional talento para a pintura e a escrita, colaborando em inúmeras publicações e exposições como escritor e ilustrador. Embora formado em Economia, Pedro Seromenho dedica-se inteiramente a escrever e a ilustrar livros para várias editoras nacionais e brasileiras. Entre outros títulos escreveu "A Nascente de Tinta", "O Reino do Silêncio", “Chico fantástico, o super-herói de plástico”, “Felismina cartolina e João papelão”, “Porque é que os animais não conduzem”, “900 História de um rei”, “A fuga da ervilha”, “As gravatas do meu pai” e mais recentemente “A cidade que queria viver no campo”.

Autor do Mês

Alice Vieira

ALICE VIEIRA

Alice Vieira (Alice de Jesus Vieira Vassalo Pereira da Fonseca) nasceu em Lisboa a 20 de março de 1943. Frequentou o Liceu D. Filipa de Lencastre. Licenciou-se em Filologia Germânica pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. Escritora e jornalista profissional desde 1969, colaborou desde os treze anos no jornal "Diário de Lisboa" (onde juntamente com o seu marido Mário Castrim dirigiu o suplemento "Juvenil" e "Catraio"), no "Diário Popular" e no "Diário de Notícias". Colaborou em várias revistas e programas de televisão para crianças.

É considerada uma das mais importantes escritoras portuguesas de literatura infanto-juvenil,   tendo publicado cerca de  quatro dezenas de livros infantis e vendido perto de um milhão de exemplares.  As suas obras estão traduzidas em várias línguas, como o alemão, o búlgaro, o espanhol, o galego, o catalão, o francês, o húngaro, o holandês, o russo, o italiano, o chinês, o servo-croata e o coreano. É também autora de contos, romances, crónicas e poesia para adultos.

Consulte mais informação AQUI.